AAR - O Leão Dourado - História

Ir em baixo

AAR - O Leão Dourado - História

Mensagem por Regente em 7/19/2013, 6:22 pm





Capítulo I A Ordem


Parte I




Dia 1, diário de Rufus
Chegou um mensageiro de meu pai (Rei William), o soberano deseja que eu vá a Londres para uma Reunião, estou ansioso para saber o que meu Rei deseja falar comigo, estou com bons pressentimentos, agora irei ir para a reunião.




Dia 2, diário de Rufus
Estou viajando para londres, levando alguns soldados e mercenários, ontem um espião celta invadiu meu acampamento, tentou pegar algumas de nossas cartas, não entendo a hostilidade, já que teve uma trégua, desconfio que esse seja o motivo que meu pai me chamou para a reunião. O espião acabou morto, espero que isso sirva de mensagem para o Rei celta.




Dia 3, diário de Rufus
Estamos chegando perto de londres, o território por aqui está com pouco viajantes e está queto demais. Não gosto disso, os Recursos estão acabando,sorte que se formos rápidos talvez, amanhã chegaremos a Londres, espero que lá tenha recursos para podermos voltar  para Nottingham, porém não podemos nos abater, teremos que rezar para o tempo ficar bom para podermos chegar em Londres antes dos Recursos acabarem.




Dia 4, diário de Rufus

Chegamos a noite em Londres, os guardas abriram seus portões para mim e meus companheiros, no qual fui escoltado a este quarto, o qual vos escrevo este texto, estou ansioso pela reunião e para visitar alguns de meus amigos que tive conhecimento que estarão na tal reunião. Não consigo parar de pensar no que pode ser tal assunto.




Rufus: É Muito bom vê-lo, meu pai

William: Igualmente, agora devemos discutir os assuntos urgentes, acredito que você já saiba.

Rufus: Não, não sei, qual é o tal assunto urgente?

William: O Líder Celta, está ameaçando nosso fronteira, acredito que está na hora de declarar guerra.

Rufus: Entendo, mas qual vai ser minha função nesta guerra?

William: Você vai para o norte, reivindicar o acampamento dos rebeldes, e permanecer na fronteira se tiver alguma ação hostil, me envie uma mensagem, pois se isso acontecer sitiaremos a capital de nossos inimigos.

Rufus: Tem certeza disso meu pai? Vai ser uma guerra longa.

William: Com a mesma certeza de que o sol nasce pela manhã.

Rufus: Então irei me retirar para a minha missão.


 

Dia 5, diário de Rufus
Compareci a reunião, não fiquei tão surpreendido pelo que foi dito na mesma, estou feliz que assim poderemos provar aos povos católicos que nosso país é forte, caso vencermos o povo celta.Agora descansarei, e amanhã partirei para Nottingham pegar reunir alguns soldados, para a minha campanha militar, e depois partirei para tomar a cidade dos rebeldes.



Depois atualizo mais, todo dia tem uma atualização... Fiquem de olho na trama.


Última edição por Regente em 7/19/2013, 7:34 pm, editado 2 vez(es) (Razão : Errinhos de Português)
avatar
Regente
Amador
Amador

Posts Posts : 31
Karma : 8
Blasts : 32
Desde: : 17/07/2013
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AAR - O Leão Dourado - História

Mensagem por Ehren Jaeger em 7/19/2013, 6:45 pm

Bem interessante, espero que continue. Gostei da ideia de você fazer baseado no Total War, só tome cuidado com o sua escrita que em algumas partes tem uns errinhos, mas de resto tá bem daora.

_____________



avatar
Ehren Jaeger
Elite
Elite


Posts Posts : 3040
Karma : 66
Blasts : 2118
Desde: : 19/04/2012
Localização : Irajá, Rio de Janeiro

http://steamcommunity.com/id/EhrenJaegerBR http://raptr.com/GBGamerBR/ https://www.facebook.com/#!/GBCrafter https://twitter.com/#!/GBGamerBR

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AAR - O Leão Dourado - História

Mensagem por Regente em 7/19/2013, 7:30 pm



Bem interessante, espero que continue. Gostei da ideia de você fazer baseado no Total War, só tome cuidado com o sua escrita que em algumas partes tem uns errinhos, mas de resto tá bem daora.

É errei mesmo, desculpe-me, acabei de formatar o texto.









Capitulo II - A Conquista de York






Diário da Campanha Militar Inglesa – Ação 1
Dominamos York, uma batalha difícil, só ganhamos porque flanqueei seus arqueiros, pois estavam matando muito de meus homens, depois foi só enviar os lanceiros pelos lados e furando o bloqueio da cavalaria deles, os rebeldes surpreenderam esperava menos deles ...ou mais de mim, o importante é que somos soberanos no sul e no centro da ilha, ficaremos na cidade por um tempo para descansar e reconstruir o lugar, farei uma política cultural, não optei por escravizar e nem matar a plebe, eu quis assumir o lugar sem violência espero que dê certo. Agora sobre a Escócia, veio um diplomata até York oferecendo seu o mapa de território e direitos comerciais, aceitei é claro, é perfeito, temos o mapa sem precisar fazer um compromisso sério isso facilitará muito a campanha para ficar Soberano no Norte e na ilha toda, com isso pretendo dominar a parte da irlanda depois que nos recuperarmos da guerra, porém não podemos comemorar ainda, o exercito celta é grande, maior que o nosso, porém os nossos são maioria de cruzados, temos os melhores arqueiros do mundo, porém eles merecem respeito, acredito que tudo acontecerá de bom para a Inglaterra.
                                        
Rufus, Lorde de York






Diário da Campanha Militar Inglesa – Ação 2
Eu deixei alguns guardas protegendo York e fui pra fronteira da escócia, onde eu vi uma grande movimentação militar nos limites da fronteira, vou me prevenir caso eles no ataquem, preciso voltar pra York.
Na volta pra York, encontrei um pelotão Escocês em minhas terras, estou muito irritado com isso porém não posso deixar esses cães celtas me irritarem, não posso estragar a campanha fazendo algo precipitado, mandei um espião se infiltrar na capital deles, o meu irmão expandiu a campanha ao leste, vai tentar conquistar mais cidades rebeldes, assim fortaleceremos o mapa.
                                               Rufus, Lorde de York


Diário da Campanha Militar Inglesa – Ação 3


Estou em York, me veio a notícia de que minha irmão Cecilia se casou foi uma pena eu não poder ter ido ao casamento, espero que ela não fique chateada, os imprevistos das guerras nos priva de tal comemoração, aliás isso me faz lembrar de minha esposa, estou morrendo de saudades dela, espero voltar pra Nottingham logo, pretendo deixar essa cidade para meu futuro filho, e York para meu sobrinho e ficarei com Edinburgo(Capital Celta), a nossa economia está muito boa, pois o comercio com a frança está nos dando muito lucro, tanto que meu pai aumentou o apoio econômico para minha campanha, tanto que já tenho um Escudeiro e vários capitães mercenários comigo, como estamos sem muitos soldados , tive que optar pelos mercenários, porém eles são fiéis e úteis, prometi recebe-los de braços abertos e transforma-los em ingleses e eles aceitaram, espero ter bons resultados no norte.
                                                                 Rufus, Lorde de York





_____________
"Veni, vidi, vici"
 -Pater Patriae

 

Spoiler:
   
avatar
Regente
Amador
Amador

Posts Posts : 31
Karma : 8
Blasts : 32
Desde: : 17/07/2013
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AAR - O Leão Dourado - História

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum